Diário de theth

Sobreviver não é viver

Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019.

Sobreviver não é viver Público
As vezes dá uma puta vontade de sumir no mundo, sabe? É foda, você tenta achar aquele privilégio que seus pais dizem que você tem por viver do jeito que vive, mas não acha. A gente até se enche com a mizéria alheia pra tentar enxergar algo de bom mas nunca enxerga. Não mãe, minha vida não é das melhores, mas está bem longe de ser das piores, graças a Deus. Mas mãe, a questão é que sobreviver não é viver sacou? Você vive me dizendo que a minha hora vai chegar, mas nunca chega. Não, não é falta de Deus e talvéz também não é falta de fé. É que esse ''sua hora vai chegar'' frustra o jovém brasileiro. Morremos de esperar, de tentar e sempre demora. O tempo de Deus as vezes pode ser muito cruel. Enquanto Deus não me acha digna, ele poderia aumenos acalmar minha mente. Uma mente mais quieta; Isso seria o suficiênte pra lidar com a lentidão da exaltação dos humilhados. São 03:30 da manhã e eu deitei. Não deu bom dormi, revirei a cama e levantei. Ansiedade? As pessoas gurmetizam mas é algo muito ruim, quem passa sabe. E para mãe, para de falar do meu cigarro, ele me ajuda a passar por esses pedaços que o universo vem me proporcionando. Sobreviver não é viver. Eu tenho uma auto-estima de merda. Não vou lhe cobrar uma grana pra comprar aquele vestido lindo que vi na Marisa, Deus me livre, mas quem me dera. Aquele lanche? Queria, mas não dá pra tirar os 10 reais dos 30 ovos da semana toda né. Seria ridículo exigir algo assim. Aquela balada cheia de gente massa? Efêmero demais, sem comentários. Meu cabelo está horrivel, e daí? Dá pra passar. Mano, eu estou cansada desse lugar, preciso ver outras caras, outros mundos. Faça-me o favor, que frescurada. Então mãe, então Deus. Me perdoem as cobranças, mas é que as vezes a gente sente por viver na pele em que vivemos e viver a vida em que vivemos. As vezes o efêmero é necessario. Sinto muito por quem vive algo pior que eu, mas ainda assim, eu carrego a trouxa de viver minha realidade. Não é drama, é desabafo. Me julguem.


  [Voltar]  


Comentários

Comentários (0)




Para fazer comentários, realize o login.





 

Últimos Acessos


 

Destaque

    Twitter Facebook Orkut